Horário de Expediente: das 7:00h as 13:00h

Notícias em Geral

Programa Gestão Eficaz capacita servidores de 18 municípios da região de Juína

ce3f92f9da863a5683deaf9c066b7edcLevar informações úteis e relevantes aos servidores que atuam no cotidiano da Administração Pública. Esse é o objetivo do Programa Gestão Eficaz, do Tribunal de Contas de Mato Grosso, que será realizado nos dias 09 e 10 de agosto, quinta e sexta-feira, em Juína, no auditório do Sicredi. Uma das novidades deste ano é a palestra sobre regras de aposentadoria e pensões destinadas aos servidores municipais, alertando sobre o cuidado com a vida funcional. Ainda estão previstas palestras sobre as relações do Poder Público com as Organizações do Terceiro Setor, Parcerias Público Privadas e as concessões públicas, entre outros. Participam do evento servidores de 18 municípios da região.

Realizado pela Escola Superior de Contas e coordenado pela Consultoria Técnica do TCE-MT, o Programa Gestão Eficaz acontece todo ano em ao menos nove municípios polo, que congregam todos os demais. Segundo o secretário-chefe da Consultoria Técnica, Gabriel Liberato, durante o evento os palestrantes dialogam com os participantes e muitas dúvidas são esclarecidas, principalmente quanto às licitações, em razão de o tema ser bastante abrangente. Surgem também muitos questionamentos sobre situações concretas, que acontecem no dia a dia dos fiscalizados e que às vezes não estão normatizadas por lei.

As concessões públicas feitas através de Parceiras Público Privadas (PPPs) têm sido um dos temas mais debatidos no Gestão Eficaz este ano. Após a Lei de Concessões (nº 8.987/1995), ocorreu a inversão da tendência de intervenção direta do Estado no domínio econômico e a transferência para a iniciativa privada do investimento e da operação de alguns serviços públicos. No caso das PPPs, o Poder Público deve repassar recursos para os concessionários que estarão gerenciando os serviços. No entanto, a legislação prevê a limitação indireta ao comprometimento de 5% da Receita Corrente Líquida com despesas de caráter continuado e derivadas de PPP contratada.

O auditor público externo da Secretaria de Controle Externo do TCE, Jefferson Figueira Bernardino, que ministra palestra sobre o assunto, lembra que os contratos feitos com PPPs devem ser encaminhados previamente para a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e precisam passar por consulta pública com no máximo 30 dias de antecedência. "Não é um processo corriqueiro e rápido, possui período longo de maturação, em média de dois anos, a licitação deve ser na modalidade concorrência pública e a disputa é bem acirrada", alerta o palestrante.

São palestrantes do Gestão Eficaz os auditores públicos externos: Áurea Maria Abranches Soares, Gabriel Liberato Lopes, Guilherme Almeida, Jefferson Figueira Bernardino e Natel Laudo Silva. Está prevista a participação de prefeitos, vice-prefeitos, secretário municipais e demais servidores dos municípios de: Aripuanã, Brasnorte, Campo Novo dos Parecis, Campos de Júlio, Castanheira, Colniza, Cotriguaçu, Juara, Juína, Juruena, Nova Bandeirantes, Nova Monte Verde, Novo Horizonte do Norte, Porto dos Gaúchos, Rondolândia, Sapezal, Tabaporã e Tangará da Serra.

Data: 09/08/2018 a 10/08/2018

Local: Auditório do Sicredi Univales - Av. Mato Grosso, 680 - Centro, Juína-MT

ef8162f6b1c886408816355ebf7781b9

 

Fonte: TCE-MT

Pesquisar Conteúdo